China

Olá pessoal tudo bem?


Tive a oportunidade de conhecer um pouquinho da China nesses últimos meses.

Como vocês sabem, eu sou bailarina e fui abençoada com um trabalho maravilhoso lá do outro lado do mundo.

Então, vou contar um pouquinho sobre essa experiência.


A China está pra se tornar a maior potência mundial nos próximos anos, fiquei impressionada como o povo trabalha por lá.

Comércio, restaurantes, abertos todos os dias de domingo a domingo.

Veja bem, eu trabalhava num parque aquático, e mesmo que estivesse chovendo, nós íamos trabalhar. Ou seja, não tem desculpa. Se não fosse o meu dia de folga, eu tinha que ir trabalhar mesmo assim.


Eu morei na cidade de Xuchang, fica no eixo Xangai - Pequim.

Xuchang - passeio de barco pelo lago de Lótus

A flor de lótus é uma das espécies mais famosas da China. Você vai ver muito por lá. É um símbolo do país. Quando cheguei na cidade em junho, era possível vê-las por toda parte, já no início de outono, setembro, não se via mais.

Bem próximo ao hotel onde ficamos hospedadas ( um grupo de 6 brasileiras), tinha uma estação de trem. Para visitar as cidades vizinhas você precisa comprar o ticket pelo site e estar portando o passaporte na hora do embarque.

Em um próximo post vou dar mais detalhes sobre Xuchang.


Economia:


As coisas são muitoooo baratas na China. A moeda local é o RenMimBi ( rmb ou bibi para os íntimos), com cerca de 100 rmb você sai, faz a festa, volta cheia de sacola e ainda sobra dinheiro. Isso equivale a mais ou menos R$ 55,00. Me diz, o que você faz com essa quantia aqui no Brasil?

Eu me sentia muitoooo rica, toda vez que saía para as minhas caminhadas voltava com alguma sacola, hahhaha. Você não resiste porque chega a se emocionar de tão barato.


Alimentação:


Prepare-se para cuspir fogo!

Na China quase toda comida vem apimentada. E mesmo que você peça pra não colocar, sempre vem um pouquinho.

É comum servirem comida com sustância no café da manhã. Você também vai ver que muitos pratos são fritos ou com muita gordura.

O importante é você estar receptivo e disposto a provar coisas novas. Eu fazia isso! Porém com o tempo, você vai sentindo falta da nossa gastronomia. Isso é normal. Então sugiro que você leve algumas coisinhas pra matar a vontade: feijão em caixinha, farofa, queijo ralado, batata palha, temperos brasileiros pra dar uma variada no sabor de alguns pratos.


Rebecca Hotel Xuchang
Comida de verdade no café da manhã

Os chineses não tem o costume de tomar bebida gelada. Um dia fui pra academia, suei pra caramba e a menina do hotel veio me oferecer um copo de água. Fui com sede, dei aquele gole e senti a água morna escorrendo na minha garganta.

Segundo a cultura chinesa, a água morna ou quente é melhor para a saúde, diminui a ansiedade e melhora o funcionamento metabólico.

No meu aniversário, fomos comemorar em um karaokê. Meu boss querido, encheu a mesa de cerveja, mais de 50 garrafas de Budweiser.... tudo quente!

Aí eles trazem gelo pra você colocar no copo se quiser ou toma quente mesmo. Bem diferente da nossa cultura aqui não é mesmo?



Internet e conexões:

Aplicativos e sites como instagram, facebook, youtube, whats app e Netflix são bloqueados na China desde 2003. Para usá-los você precisa baixar um outro app chamado VPN e ativá-lo toda vez que quiser usar esses locais.

Existem algumas versões gratuitas mas eu preferi pagar o VPN Express, que foi o melhor que eu testei, sendo muito rápido e atendendo tudo que eu precisava.


O app oficial do país é o WeChat. Com ele você bate papo, faz postagens tipo instagram, e ainda pode fazer compras, pagamentos e transferências, mas pra essas funcionalidades é preciso ter uma conta em um banco da China.


Dicas importantes!


Voltando a falar em compras (Adoro!!!).

Não tenha vergonha de pechinchar! Negociar foi uma das coisas que mais gostei de fazer na China, e trouxe isso comigo! Principalmente em feirinhas e serviços.

Nunca aceite a primeira oferta! Pesquise para encontrar o mais barato, faça uma contraproposta para o vendedor até se chegar a um acordo.

E eles gostam desse joguinho também sabia? hahahha

Na China, se você economiza 5 rmb aqui, outro ali, no final fez uma baita economia e ainda sobra pra comprar muito mais.


Outra dica poderosa é fazer compras através do site Taobao.

É uma espécie de Mercado Livre com preços surreais de tão baratos! Mas, pra conseguir comprar nele, você precisa também, ter uma conta em um banco na China ou, como foi o meu caso, pedir ajuda a alguém que tenha.

Apesar da fácil navegação (quanto mais você mexer mais vai entender) algumas especificações de tamanho, cor, precisam ser selecionadas. E como está tudo em mandarim, é bom ter alguém para ajudar.


No próximo post eu vou falar um pouco mais sobre a cidade de Xuchang e mostrar alguns pontos turísticos.


Namastê




#china #xuchang #brasileirospelomundo #culturachinesa #viajar